domingo, 3 de novembro de 2013

|Frases de Filmes| Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 1


“São tempos sombrios, não há como negar, nosso mundo jamais enfrentou ameaça maior, Mas agora digo a vós cidadãos, nós, sempre seus servos iremos continuar defendendo sua liberdade e repelindo as forças que querem tira-la de vocês. O ministério continua forte!”



 _Estou mouco...
_Como é que é?
_Estou mouco! Estou surdo e estou oco, estou mouco entendeu?
_Com tantas piadas sobre orelhas e você me vem com estou mouco?! Isso é patético!
_Aposto que estou mais bonito do que você!


“Nagini jantar!”


_Seu alfo estúpido!! podia ter me matado!
_Dobby nunca quis matar, só causar um ferimento muito sério!


_Você não está mais com raiva dele não é?
 _Eu to sempre com raiva dele!


“Por mais que sua sede de sangue me inspire Bellatrix, só eu posso matar Harry Potter!” (Lord Voldemort)

“Eu te trouxe quando você era menor que um tronquinho, nada mais justo que seja eu aquele que vai te levar embora!” (Hagrid)


“Harry é a melhor esperança que temos, confie nele!” (Alvo Dumbledore)



“E deixar a Hermione? Está doido?  A gente não duraria dois dias sem ela! Não conte a ela que eu te disse isso!” (Ron Weasley)


“Vem papai! O Harry não quer falar com a gente agora, ele é muito educado para falar isso!”  (Luna Lovegood)


“Honestamente menino, tem certeza que realmente conhecia Dumbledore?”


_É uma loucura total!
_Põe loucura nisso!
_É a maior loucura!


“Você esta mentindo Dolores! e não se deve contar mentiras!” (Harry Potter)


“Da próxima vez Hermione por mais que eu goste do seu perfume acho melhor não usa-lo” (Harry Potter)


“Na verdade sou muito lógica em perceber os detalhes mais estranhos e os ver com clareza!” (Hermione Granger)


“Abro no fecho”


“Nunca mais me deixe cortar seu cabelo Harry!” (Hermione Granger)


“Continua falando da tal bolinha de luz que tocou seu coração e ela vai te perdoar!” (Harry Potter)


"Vamos embora! não bebo mais nem um gole desse troço quente ou frio!" (Ron Weasley)


“Dobby não tem mais nenhum senhor, Dobby é um elfo livre e veio salvar Harry Potter e seus amigos!” (Dobby)


“Que lugar mais lindo para estar com os amigos! Dobby está feliz porque esta com seu amigo Harry Potter!” (Dobby)



"Era uma vez, três irmãos que estavam viajando por uma estrada deserta e tortuosa ao anoitecer, depois de algum tempo os irmãos chegaram a um rio muito perigoso para atravessar, contudo os três irmãos eram mestres em magia e os três balançaram suas varinhas e fizeram uma ponte, antes que pudessem atravessar a ponte tiveram o caminho bloqueado por uma figura estranha e encapuzada era a morte. Ela se sentiu traída, traída porque o normal era os viajantes morrerem afogados, mas a morte era perspicaz, ela fingiu parabenizar os três irmãos por sua magia e disse que cada um receberia um prêmio por terem sido inteligentes o bastante para evitar a morte. O mais velho pediu a varinha mais poderosa que existisse, e a morte deu uma varinha da mais velha arvore de sabugueiro, o segundo irmão resolveu humilhar a morte ainda mais e pediu o poder de ressuscitar os entes já falecidos, então a morte pegou uma pedra da beira do rio e a entregou a ele finalmente, a morte perguntou ao terceiro irmão, um homem humilde, ele pediu algo que permitisse sair daquele lugar sem ser seguido pela morte, e a morte de má vontade entregou sua própria capa da invisibilidade. O primeiro irmão foi para uma aldeia distante onde com a varinha de sabugueiro na mão assassinou um bruxo que não teve nem a chance de se defender, tomado pelo poder que a varinha das varinhas tinha ele seguiu para uma estalagem onde se gabou por sua invencibilidade, mas naquela noite outro bruxo roubou sua varinha e por precaução cortou lhe a garganta e assim a morte levou o mais velho dos irmãos, enquanto isso o segundo irmão foi para a casa onde virou a pedra três vezes na mão, para sua alegria a moça que um dia desejara desposara antes do casamento, mas com uma morte precoce, apareceu diante dele, contudo ela estava triste e fria não pertencia mais ao mundo dos mortais enlouquecido pelo desesperado desejo o segundo irmão se matou para poder se unir a ela assim a morte levou o segundo irmão. O último irmão a morte procurou por muitos anos, mas nunca conseguiu encontra-lo, somente quando já tinha uma idade avançada foi que o irmão mais novo despiu a capa da invisibilidade e deu ao seu filho. Ele acolheu a morte como uma velha amiga e a acompanhou de bom grado e como iguais partiu dessa vida."

Um comentário:

Poderá Também Gostar De:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...